Racha na oposição: PSDB quer romper com Armando

Conforme anunciamos aqui no Blog, durante sua última visita a Pernambuco, o presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin, demonstrou sua insatisfação com o tratamento dado ao seu partido na chapa oposicionista, e fez algumas exigências para a continuidade. A partir daquele momento começaram os principais desentendimentos no grupo. Bruno Araújo tem se posicionado acerca de suas pretensões na chapa majoritária, contudo não obteve qualquer ressonância de Armando Monteiro.

Somando-se a isso, às últimas adesões nacionais ao projeto de Alckmin à presidência da República, onde alguns partidos de representatividade eleitoral juntam-se na caminhada, fortalecem as articulações estaduais, notadamente em Pernambuco.

Além do mais, os movimentos realizados pelo petebista, que não teria se entusiasmado com a escolha de Bruno Araújo para a vaga de senador na chapa, dentre outros motivos, foi o estopim para que o PSDB optasse por deixar a coligação liderada por Armando Monteiro. Ainda não se sabe se o PSDB lançará candidatura própria, mas como não tem diálogo com o PSB nem com o PT, é provável que Bruno Araújo dispute o governo de Pernambuco. O anúncio sobre a decisão tucana deverá ocorrer a qualquer momento. Em se confirmando este desfecho, Armando perde o principal partido da sua coligação.

Vamos aguardar, pois pode ser apenas pressão para obter um posicionamento imediato de Armando, ou uma grande jogada do Palácio do Campo das Princesas.

Base: Edmar Lyra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s