Flávio Rocha e Rodrigo Constantino reclamam do Facebook e se solidarizam com MBL

O empresário Flávio Rocha, dono da Riachuelo, e o blogueiro de extrema-direita Rodrigo Constantino, ex-Veja e hoje na Gazeta do Povo, reclamaram do Facebook e manifestaram solidariedade ao MBL depois do banimento de sua rede de fake news e do perfil do fundador Renan Santos.

O ex-presidenciável da Riachuelo postou em seu Twitter, reclamando da ação do Facebook que também afetou a página do seu movimento de direita chamado Brasil 200:

É inaceitável a retirada da página do Brasil 200 do ar pelo Fecebook. Uma violência! A que pretexto? Conclamo a bancado do Brasil 200 no Congresso Nacional a tomar posição sobre essa arbitrariedade. Nem no tempo da ditadura se verificava tamanho absurdo.

Rocha chamou o MBL de heróis em janeiro e agradeceu ao movimento quando abriu mão de sua candidatura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s