Humberto reafirma não querer Sílvio Costa, o que atrapalha Marília

Em participação ao programa Cidade em Foco, da Rede Agreste de Rádio, o senador Humberto Costa (PT) voltou a defender aliança do PT com o PSB, atacou o deputado federal Silvio Costa Filho e fez um balanço da sua atuação para o agreste pernambucano.

Humberto Costa luta em Pernambuco por uma aliança do PT com o PSB, comandado pelo governador Paulo Câmara, que buscará a reeleição. Tal articulação, esbarra na pré-candidatura a governadora da vereadora do Recife, Marília Arraes, que tem ganhado força.

“A condução deste processo está nas mãos do diretório nacional, pelo fato de que para nós a eleição de Lula é o que há de mais importante neste momento. Para nós seria fundamental se pudéssemos ter o apoio do PSB a candidatura de Lula ou a quem ele indicar”, defendeu.

Humberto foi claro quando a sua posição pela aliança entre o PSB e PT. “Todo mundo conhece minha posição, eu defendo a aliança do PT com o PSB, sem desmerecer de forma alguma o trabalho, competência, simpatia, da vereadora, Marília Arraes. Se a decisão do partido for de ter uma candidatura própria e se a candidata for Marília eu estarei integrado nesta campanha”, ponderou.

Na oportunidade, ele ainda falou sobre o seu desejo de ser candidato a reeleição ao Senado Federal. “Quero ser candidato a Senador, por onde ando eu recebo o reconhecimento da população pelo trabalho que eu fiz, defendi Pernambuco acima de tudo, lutei para que o Estado crescesse. Estive lá em Brasília o tempo inteiro ao lado dos trabalhadores. Então acredito que posso apresentar o meu nome para ser candidato a senador mais uma vez”, disse.

Humberto deixou claro sua indisposição quando a figura do deputado federal Silvio Costa Filho, pré-candidato a senador na chapa de Marília Arraes. “Não tenho nenhuma simpatia em ser candidato ao lado de Silvio Costa, acho que ele além de contribuir pouco para o processo, tem o interesse em fazer uma campanha que não é o meu estilo, uma campanha de agressões”, declarou.

De acordo com o deputado, se confirma a candidatura própria do PT ao Governo de Pernambuco, ele analisará se manterá o projeto de reeleição ao Senado. “Eu pretendo ser candidato a senador na chapa do PSB, mas se a posição for outra, se tiver a candidatura própria, eu vou analisar as possibilidades”, declarou.

Base: Magno Martins

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s