Jaques Wagner quer ser vice de Ciro, caso candidatura de Lula seja impedida

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner comunicou ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que, caso a candidatura do petista seja rejeitada pela Justiça, pretende se apresentar como candidato a vice-presidente, endossando cabeça de chapa de outro partido. Wagner refutou a possibilidade de ser o candic legal do que chama de plano L, o PT deveria abraçar o plano C — de Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência.
Aos 67 anos, Wagner é formalmente candidato ao Senado pelo PT da Bahia. Pesquisas apontam que atinge 35% das intenções de voto, liderando a disputa das duas vagas para o cargo no estado. Só abriria mão de eleição em que lidera em nome de uma coalizão ampla à Presidência, com possibilidade real de chegar ao segundo turno. Acredita que o prazo de transferência de votos de Lula para um candidato indicado por ele — na reta final da campanha — seria apertado demais. O apoio a um nome fora do PT limitaria danos do desgaste sofrido pela legenda com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e com o escândalo do petrolão apurado pela Operação Lava Jato.

Um comentário sobre “Jaques Wagner quer ser vice de Ciro, caso candidatura de Lula seja impedida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s