Bolsonaro é alvo preferencial de Alckmin

Doze anos depois de disputar a Presidência contra Luiz Inácio Lula da Silva, o tucano Geraldo Alckmin teve o seu nome novamente confirmado como o candidato do PSDB ao Palácio do Planalto. Em convenção no sábado, 5, em Brasília, o tucano fez um discurso repleto de críticas indiretas ao candidato do PSL, Jair Bolsonaro, e também ao PT.

“Ainda hoje na América Latina vemos degenerar regimes conduzidos por quem promete dar murro na mesa, dizendo que faz e acontece, que pode governar sozinho, ou acompanhado apenas por um grupo de fanáticos”, disse. “Gente assim quer é ditadura. Ditadura que logo degenera em anarquia.

Precisamos da ordem democrática, que dialoga, que não exclui, que tolera as diferenças, que ouve o contraditório, que não joga brasileiros contra brasileiros, ricos contra pobres, homens contra mulheres, que não busca resolver tudo na pancadaria nem usa o ódio como combustível da manipulação eleitoral”, afirmou o tucano, que teve o seu nome referendado por 288 votos a favor, 1 contrário e 1 abstenção.

Embora implícitas, as referências a Bolsonaro têm como base o fato de a campanha entender que o PT não deve tomar a iniciativa de desconstruir o candidato do PSL, a exemplo do que fizeram com Marina Silva em 2014. Naquele ano, o candidato tucano, Aécio Neves, se preservou até a reta final da campanha e foi ao segundo turno beneficiado pelos ataques petistas a ex-ministra.

Ao mesmo tempo, a cúpula do PSDB acredita que o candidato do PT, seja quem for, estará no 2º turno. Ao colocar também o partido de Lula na linha de tiro, Alckmin busca atrair o eleitor antipetista de Bolsonaro e se reconectar com a base tucana.

Um passo nesta direção já havia sido dado com a inclusão na chapa da senadora Ana Amélia (PP-RS), conhecida por suas críticas ferrenhas aos petistas. Tratada como “vice dos sonhos” por Alckmin, ela esteve durante o tempo todos ao lado do tucano no evento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s