Procura-se um Presidente da República

Falta um pouco mais de 40 dias para as eleições, no entanto o cenário para uma escolha acertada sobre um novo presidente da república tem ficado cada vez mais nebuloso. Os principais postulantes não empolgam, não inovam e nem decolam nas pesquisas, tornando sua caminhada ao planalto em passos atrofiados, frustrando nossas expectativas, pois a política não reforma.

Procura-se um Presidente, e não importa se homem ou mulher, mas é fundamental que seja um líder, independente de sua cor ou religião. Contudo, deve ser um exímio formador de equipe — uma bela equipe –, e pouco importa se jovem ou mais velho. Deseja-se um bom exemplo, vindo do sul ou do norte, do sudeste ou nordeste. Importante ter perfil agregador, e pouco importa se rico ou não, empresário ou professor. Almeja-se uma estrela, mas que saiba que ninguém brilha sozinho. Preferência por alguém que ajude a salvar, mas que não se pretenda salvador.

Procura-se um patriota, um abnegado, um altruísta, um bem-feitor. Que seja sóbrio, seguro, racional, equilibrado, honesto. Indispensável que se importe com o próximo em primeiro lugar, em segundo lugar e também em terceiro lugar. Alguém sensível que não ache, mas que tem certeza, que inexoravelmente a Educação Básicapoderá nos salvar. Fundamental que seja aquele ou aquela com dignidade, com humildade, com seriedade e altivez.

Procura-se alguém moderno, aberto, sem pré-conceitos ou crenças engessadas. Indispensável ser um fã do trabalho duro, do empreendedorismo, da meritocracia, da livre iniciativa e do bom capital. Ideal que seja um inimigo do Estado grande, do corporativismo, do fisiologismo, do patrimonialismo, do coronelismo, do sindicalismo, do estatismo, do messianismo. Espera-se alguém verdadeiro, franco, direto, corajoso, convicto e resiliente. Estima-se que condene ditaduras e ditadores; terrorismo e terroristas, invasões e invasores; depredação e depredadores.

Procura-se um defensor da lei, da justiça, das religiões e das famílias. Aspira-se quem defenda a polícia e ataque os bandidos — inclusive os bandidos da polícia! Pretende-se que se preocupe com as vítimas e não com os algozes. Sonha-se com um implacável inimigo da impunidade, que não se importe com a idade, origem, status ou ideologia do mal-feitor. Que não ache cadeia um problema, mas a solução. Que aponte os culpados e não transfira as culpas para a tal sociedade capitalista materialista opressora.

Procura-se quem reforme a previdência, sim, mas que elimine imediatamente os privilégios dos servidores públicos. Necessita-se que não concorde em pagar casa, comida, roupa lavada, motorista, paletó, sapato, escola de filho, aposentadoria especial, viagens em classe executiva, diárias em dólar, hotéis estrelados, refeições pessoais, pensão para filhos marmanjos, flores, bebidas importadas, iguarias e quaisquer outros benefícios indecorosos a quaisquer servidores públicos. Eu disse QUAISQUER!

Procura-se um Presidente que não more num palácio, que não precise de 40 ministros, que deteste empresa estatal, que tenha “síndrome de desapego” e venda até as poltronas que não são usadas. Um Presidente que negocie, sim, mas que não compre o Congresso. Que não coopte o Judiciário. Que honre a Democracia. Que deixe o Brasil melhor do que encontrou (de verdade!!).

Em síntese, procura-se aquilo que nunca tivemos. Procura-se o que ainda não existe. Aquele ou aquela que ainda não apareceu.

Quando terminei esse texto, antes de publicá-lo, o encaminhei para três pessoas de confiança, a fim de obter uma opinião, sugestão. Uma delas, Madalena, me disse que sabia quem eu procurava. Fiquei feliz e perguntei, quem? Ela respondeu, Jesus.

Quem conhecer um presidenciável assim, por favor, encaminhe-o imediatamente para o Brasil, visto que jamais precisamos tanto “dele” como precisamos agora e, talvez, ainda não mereçamos a volta do Filho de Deus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s