Nenhum estado brasileiro atinge meta do Ideb para o ensino médio

MEC divulgou o resultado da avaliação que leva em consideração as notas dos alunos no Saeb e dados como aprovação

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do ensino médio brasileiro está cada vez mais longe da meta. Nenhum estado atingiu a meta que tinha para 2017 no ensino médio e cinco ainda registraram queda na nota. Se em 2013 a distância entre a qualidade esperada e a obtida era de 0,2 ponto, agora esse abismo mais que quadruplicou: 0,9 ponto separa o Ideb proposto para 2017 (de 4,7) do resultado alcançado pelo Brasil, de 3,8. O índice é ligeiramente maior que a nota de 3,7 da edição anterior da avaliação, em 2015.

Os dados do Ideb, principal indicador de qualidade da educação básica no Brasil representado numa escala de 0 a 10, foram divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério da Educação (MEC). O Rio de Janeiro está entre os estados que tiveram diminuição no Ideb, ao lado de Amazonas, Roraima, Amapá e Bahia.

O índice é calculado a cada dois anos para o 5º e o 9º anos do ensino fundamental e o 3º ano do ensino médio. Para compor o índice, O MEC leva em consideração as notas dos estudantes na prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e os índices de fluxo, compilados pelo Censo Escolar.

A situação, porém, também é grave nos anos finais do ensino fundamental (5º ao 9º ano), em que o Brasil teve aumento do Ideb, de 4,5 para 4,7, mas sem atingir a meta de 5. No recorte estadual, 20 unidades da Federação estão na mesma situação, abaixo do patamar projetado, e Minas Gerais registrou queda no indicador. Pará, Rio Grande do Norte e São Paulo estagnaram, com notas idênticas às obtidas na última avaliação.

PRIVADAS NÃO ATINGEM META EM NENHUMA ETAPA ESCOLAR

Embora à frente da rede pública nas notas do Ideb, a rede particular de ensino no Brasil não atingiu as metas estipuladas para ela em nenhuma das etapas avaliadas. Nos anos iniciais do ensino fundamental, a distância foi pequena entre a nota obtida (7,1) e a proposta (7,2). Nos anos finais, a menção foi de 6,4, ante a projetada de 7. O ensino médio revela uma distância maior: Ideb de 5,8 para uma meta de 6,7.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s