Garotinho é condenado em 2ª instância por formação de quadrilha

TRF-2 também aumentou pena de ex-governador, que agora está inelegível, segundo as regras da ficha limpa. Ele disputaria governo do Rio

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) condenou emh 2ª instância e aumentou a pena do ex-governador e candidato ao governo do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PRP) por formação de quadrilha. A informação é do jornal O Globo.

Garotinho, que havia sido sentenciado a 2 anos e 6 meses, agora cumprirá 4 anos e 6 meses em regime semi-aberto e se torna inelegível pela Lei da Ficha Limpa, por ser condenado em órgão colegiado.

O tribunal informará imediatamente o Ministério Público Eleitoral e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ainda segundo a reportagem, o mandado de prisão será emitido após todos os recursos serem apreciados.

Ainda segundo o jornal carioca, o ex-governador e o então chefe da Polícia Civil, Alvaro Lins, foram condenados por lotear funções em delegacias do Rio de Janeiro durante a gestão de Garotinho, em associação com a quadrilha do contraventor Rogério de Andrade. Alvaro Lins foi sentenciado a 28 anos de prisão, mas teve a pena reduzida para 24 anos de reclusão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s