Advogado de agressor de Bolsonaro gosta de holofotes

Zanone Manoel de Oliveira fez a defesa do ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, condenado pelo assassinato de Eliza Samudio. Também foi responsável por defender Adélio Bispo Pereira, agressor confesso do deputado federal e candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), já defendeu outro cliente envolvido em polêmica.

Ele era o advogado do ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, condenado a 27 anos de prisão pelo assassinato, em 2010, da modelo Eliza Samudio, ex-namorada do goleiro Bruno. O atleta, que à época jogava no Flamengo, também foi condenado a 22 anos de reclusão, por homicídio e ocultação de cadáver.

Os quatro advogados que assistem Adélio falaram com a imprensa na saída da audiência de instrução, na Justiça Federal, e também na chegada à Polícia Federal de Juiz de Fora (MG), onde o agressor foi prestar novo depoimento, antes de ser transferido para um presídio federal de segurança máxima.

Um dos advogados disse que o dinheiro para pagar a defesa está sendo bancado por uma igreja evangélica de Montes Claros, onde Adélio morava e tinha família, mas não quis revelar o nome da instituição.

Perguntado sobre como os advogados fariam para dar assistência a Adélio, pois os presídios federais ficam em outros estados, Zanone disse que não seria um problema, pois possui um avião para esse tipo de deslocamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s