Bolsonaro abre 10 pontos de vantagem sobre Alckmin em SP

Candidato do PSL sobe para 25% das intenções de voto entre os paulistas, 4 pontos percentuais a mais do que em julho. “Plano B” do PT, Haddad salta de 5% para 8%, mas tem a maior rejeição entre os candidatos

Com poucos dias de propagandas eleitorais no rádio e na televisão e após o atentado a facada de que foi vítima durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG), o deputado Jair Bolsonaro (PSL) mantém a liderança na corrida presidencial entre os eleitores do estado de São Paulo. Segundo pesquisa XP/Ipespe, realizada entre os dias 5 e 8 de setembro, o parlamentar agora tem 25% das intenções de voto, uma vantagem de 10 pontos percentuais sobre o segundo colocado na disputa, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB). A margem máxima de erro é de 3,2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

Em comparação com o último levantamento, feito na última semana de julho, Bolsonaro cresceu 4 p.p., enquanto Alckmin caiu 5 p.p.. O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) oscilou de 8% para 9%, ao passo que a ex-senadora Marina Silva (Rede) foi de 10% para 8% das intenções de voto. Cotado como provável substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa, o ex-prefeito paulistano Fernando Haddad (PT) saltou de 5% para 8%. O empresário João Amoêdo (Novo), que não havia pontuado na pesquisa anterior, agora tem 5% das intenções de voto, numericamente à frente do senador Álvaro Dias (Podemos), que oscilou de 4% para 3%.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s