A lista de bens dos candidatos vai de 80 aviões até jegue

De bitcoin, de iPhone a coleção de armas: veja bens dos candidatos nestas eleições

Lista ainda inclui coleção de moedas, aparelhagem de som, aviões, barcos, drone, linhas telefônicas fixas e bens que valem menos de R$ 1

Enquanto 38% dos candidatos das eleições deste ano, declararam não ter nenhum bem, outros não pouparam detalhes na hora de enviar seus dados de patrimônio para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Como a lei eleitoral não define o que deve ser informado, a lista está cheia de itens curiosos, inusitados ou mesmo inúteis. A relação tem de jegues a bitcoins, passando por jatinhos e 321 bens que valem menos de R$ 1.

Em linhas telefônicas fixas – que podem dar direito a ações das companhias telefônicas – 252 candidatos declaram ter R$ 671 mil.

Postulante a deputado estadual pelo PSDB de Minas Gerais, Mourão registrou R$ 40,4 mil nessa categoria. Logo depois aparece o candidato a deputado federal Adalberto Cavalcanti (Avante-PE), com R$ 20 mil, seguido pela também pleiteante à Câmara dos Deputados Angela Amin (PP-SC) e pelo candidato ao Senado Esperidião Amin (PP-SC), com R$ 16,8 mil cada um.

Mais de acordo com a realidade atual, 11 candidatos declaram seus aparelhos de smartphone ao TSE. Ao todo, foram declarados três iPhone: um modelo 8 Plus (R$ 5,3 mil), um 8 (R$ 3,4 mil) e outro 7 (R$ 2 mil). Outra marca citada foi a Samsung, com cinco aparições: dois aparelhos modelo J7 (R$ 1,2 mil e R$ 999), um A7 (R$ 1,3 mil), um J5 (R$ 799) e um S5 (R$ 600).

Animais variados

Mais de 50 candidatos informam ter animais em seu patrimônio. Vários outros dizem ser donos de fazendas, mas não detalham o rebanho. O maior da lista, avaliado em R$ 5 milhões, é de Cacildo (PP), que disputa uma vaga na Assembleia de Tocantins. São 5 mil cabeças de gado “entre bezerros(as), vacas, novilhas, touros, bois e animais de serviços”.

Entre as dezenas de milhares de cabeças de gado declaradas, destacam-se também outras espécies. Como os 50 cavalos da raça Manga Larga, no valor de R$ 150 mil, do deputado federal Arthur Maia (DEM-BA), candidato à reeleição. E as 60 cabeças de búfalos de Gentil Paske, candidato à Assembleia do Paraná pelo PV, avaliadas em R$ 100 mil.

Na lista, aparecem também as cabeças de asininos, equinos e muares de Vilmar de Oliveiras, candidato a deputado estadual no Tocantins pelo Solidariedade. São 58 jegues, cavalos e mulas avaliados em R$ 29 mil. Oliveiras é dono ainda de 2.592 bovinos e bufalinos (R$ 3,8 milhões), 163 caprinos e ovinos (R$ 16,3 mil) e 33 suínos (R$ 3,3 mil).

Arsenal

Candidato a deputado estadual pelo PHS no Pará, Dr. Allan Rendeiro declara ter 38 armas de fogo, avaliadas em R$ 101 mil, incluindo fuzis, carabinas, pistolas e revólveres. O arsenal tem peças para tiro esportivo e para colecionadores. Entre os itens estão os antigos fuzis Mauser alemães, as SKS chinesas e as carabinas Winchester norte-americanas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s