Celebridades patrulhadas

Artistas, esportistas e outras celebridades sempre defenderam um ou outro candidato em tempos de eleição. Neste ano, no entanto, o clima de polarização tem tomado uma dimensão diferente.

Anitta, a principal voz do pop nacional, foi pressionada a manifestar seu apoio a uma campanha, mesmo contra sua vontade. Tudo começou depois que a também cantora Daniela Mercury convocou Anitta para defender o movimento #Elenão, surgido nas redes sociais contra o candidato à presidência Jair Bolsonaro.

Inicialmente Anitta preferiu não se manifestar, dizendo em seu Twitter que não queria fazer campanha política, mas a cobrança dos fãs aumentou. Após alguns dias, ela gravou um vídeo em que dizia não apoiar um candidato “machista, racista e homofóbico”. No final, pediu a outras celebridades para falar sobre o tema, em um desdobramento da campanha que já chegou a diversos famosos.

Base ISTOÉ
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s