Em entrevista, Bolsonaro declara: “Sou eu ou o presidiário”

O presidenciável do PSL disse que irá defender, durante live no Facebook, o voto útil para evitar um segundo turno

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, deu entrevista ao site O Antagonista, por telefone, e disse que nesta quarta-feira (3/10) à noite, em sua live no Facebook, começará a defender o voto útil para tentar evitar um segundo turno.

“Vou começar a pedir com mais ênfase o voto útil, porque não tem outra saída. Sou eu ou o presidiário!”, afirmou o presidenciável, que lidera as pesquisas de intenção de voto, em referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Condenado e preso na Lava Jato, Lula teve a candidatura barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral e foi substituído em setembro como cabeça de chapa à Presidência da República na coligação formada por PT, PCdoB e Pros pelo ex-prefeito paulista Fernando Haddad.

Bolsonaro também fez críticas diretas ao presidenciável petista, segundo nas pesquisas eleitorais. “O Haddad é pior que um poste. Ele é pau mandado do Lula. Toda semana, ele vai lá pedir conselhos ao presidiário. Imagine o Haddad ganhando, acabou o Brasil. O Franklin Martins vai ser o ministro das Comunicações”, disse ao site.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s