Bombeiros encontram computador de operador financeiro de Sérgio Cabral

O Corpo de Bombeiros resgatou neste sábado (13) um computador com registros de propina que foi jogado em um lago na fazenda do operador financeiro Carlos Miranda em Paraíba do Sul (RJ). Ele é apontado como operador financeiro de um esquema de corrupção que seria liderado por Sérgio Cabral. As informações são da Globo News.

Ele contou em depoimento que tinha jogado o notebook no local após o início da operação Lava Jato. Segundo ele, era ali que ele guardava as planilhas com as transações do grupo do ex-governador, como os pagamentos feitos ao então procurador-geral de Justiça do RJ, Cláudio Lopes, denunciado na última terça (9) por formação de quadrilha, corrupção passiva e ativa, além de quebra de sigilo funcional. De acordo com a denúncia, ele teria recebido R$ 7 milhões em propina, em pagamentos mensais com o objetivo de blindar a organização e proteger os envolvidos de investigações do Ministério Público do RJ.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s