Na Espanha, brasileiro que matou a família será julgado

O brasileiro Patrick Nogueira Gouveia, autor confesso das mortes de seus tios e primos na cidade de Pioz, na região central da Espanha, será julgado nesta quarta-feira (24), dois anos após o crime. A acusação pede que ele seja submetido a júri popular e a pena pode chegar a 25 anos de prisão.

Segundo o processo, Gouveia foi até a casa onde a família vivia em 17 de agosto de 2016, “com o propósito de acabar com a vida de seus tios e primos”. Os autos ainda relatam que o réu degolou a tia enquanto os dois estavam na cozinha e, em seguida, foi de encontro aos primos de um e quatro anos de idade, matando-os com cortes no pescoço.

O jovem ainda esquartejou o corpo da tia para tentar ocultar o crime, usando sacolas plásticas para armazenar os restos mortais. Os corpos das crianças também foram colocados em sacos, mas sem serem desmembrados. Gouveia então começou a limpar o local enquanto aguardava a chegada do tio. Após recebê-lo, ele o atacou com várias facadas e depois esquartejou o corpo, assim como fez com a tia.

O crime só foi descoberto um mês depois, após as autoridades serem alertadas devido ao mau cheiro que exalava das casa das vítimas. Gouveia viajou para o Brasil depois de ter cometido o crime e foi detido no dia 19 de outubro, quando tentava retornar à Espanha. O advogado do brasileiro, Alberto Martín, afirmou que Gouveia deve confessar o crime no julgamento, mas vai omitir os detalhes “mais escabrosos como já fez anteriormente”. (ANSA)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s