Mulher inventa sequestro para viajar com o amante

A Polícia Civil de Mato Grosso solucionou, na segunda-feira (22), o sumiço de Alline Figueiredo da Cruz. De acordo com as investigações, obtidas pelo portal G1, cabeleireira simulou um sequestro para ficar com o amante Marcelo de Souza Arruda.

Desparecida desde quarta-feira (17), Alline foi encontrada no domingo (21) alegando ter sido vítima de um sequestro. Ao depor para a polícia, porém, a cabeleireira confessou que armou o desaparecimento para ficar com Marcelo. Eles se conheceram pelo Facebook há cerca de um mês.

Alline disse ao marido que faria um curso em um shopping de Várzea Grande. No depoimento, porém, a cabeleireira alega que ingeriu muita bebida alcoólica no dia do “sumiço”, perdendo o horário de voltar para a casa. Assim, ela decidiu fingir um sequestro para justificar ao marido. Alline e Marcelo ficaram em uma propriedade do pai dele, a 35 km de Cuiabá, até sábado (20). Ela ainda rasgou as próprias roupas antes de acionar a polícia.

Alline e Marcelo foram autuados pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) por falsa comunicação de crime.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s