Proposta de Haddad vai quebrar as prefeituras

A proposta de Fernando Haddad de aumentar em 20% o Bolsa Família geraria um déficit de 5 bilhões nas contas do governo, cujo valor ainda não se explica de onde viria. Porém o maior problema está em aumentar o mínimo acima da inflação.

Esse projeto desesperado de Haddad traria dois problemas imediatos.

Primeiro acentuaria a crise fiscal quebrando ainda mais as prefeituras que não possuem receita suficiente para bancar um salário mínimo que cresça acima da inflação e a própria inflação seria aumentada, uma vez que a irresponsabilidade fiscal do eventual governo Haddad teria como consequência imediata um sobrepreço nos produtos e serviços uma vez que aumentaria o custo das microempresas para continuarem existindo, o que traria uma consequência ainda mais devastadora que seria o aumento do desemprego.

Base: Edmar Lyra
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s