Após impasse, Havan é inaugurada em Brasília sem estátua da liberdade

Monumento não foi autorizado pela administração do SIA, onde fica a loja. Empresa tenta recurso

A Havan foi inaugurada em Brasília na manhã deste sábado (3/11), mas sem o ícone da loja, a réplica da Estátua da Liberdade que está na maioria das unidades pelo país. O GDF negou a instalação do monumento, e a empresa aguarda a resposta de um recurso interposto.

O dono da Havan, Luciano Hang, estava presente na cerimônia de abertura da loja e discursou aos clientes. “Quero montar mais lojas em Brasília, principalmente para gerar mais empregos. Estou muito emocionado hoje. Essa é a loja número 117. Vou trabalhar pelo Brasil e pelos brasileiros”, declarou.

Segundo a empresa, foram gerados 200 empregos diretos com a inauguração da nova unidade. O proprietário da marca terminou o discurso com o slogan “Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”, do presidente eleito, Jair Bolsonaro, e foi aplaudido.

Centenas de pessoas foram até a Havan de Brasília e muitas saíram da loja carregando grandes sacolas. Devido ao excessivo número de veículos houve retenção no trânsito próximo ao local, e a Polícia Militar foi acionada para organizar o fluxo de carros.

A todo momento, um locutor aconselhava os clientes a “tomarem conta de suas bolsas”. Apesar de haver boato de confusão na loja, o diretor de expansão da Havan, Nilton Hang, disse que não foi registrada nenhuma intercorrência.

A Havan é conhecida por vender grande variedade de produtos, como peças de vestuário, aparelhos eletrônicos, objetos de decoração, entre outros. A rede tem 116 estabelecimentos físicos em 15 estados do Brasil, além da loja virtual.

Estátua não autorizada
Depois de negar o pedido de instalação de engenho publicitário feito pela Havan, a Administração Regional do SIA consultou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que concordou com a decisão.

O lote da loja, no trecho 14 do SIA, não faz parte do Conjunto Urbanístico de Brasília, mas pertence à área do Entorno, motivo pelo qual houve posicionamento da autarquia federal.

Mesmo sem a autorização para instalação, a estátua foi trazida para Brasília e está “deitada” no estacionamento da loja, desde a manhã de sábado (27), aguardando ordens da empresa para ser ou não erguida.

Com o posicionamento do Iphan, a Administração Regional do SIA adiantou ao Metrópoles que dificilmente a resposta ao recurso será positiva para a empresa. A previsão é de que a negativa definitiva seja dada na segunda-feira (5/11).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s