Ministério da Agricultura será comandado por uma mulher

A deputada federal Tereza Cristina foi escolhida nesta quarta-feira (7) pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para assumir o Ministério da Agricultura.

A decisão foi divulgada por Bolsonaro em sua conta no Twitter e torna a deputada de 64 anos de idade a primeira mulher ministra do futuro governo. No entanto, ela será a segunda a comandar a pasta. O nome de Tereza Cristina já havia sido confirmado pelo deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS). Segundo ele, a pasta não será fundida com o Ministério do Meio Ambiente, cujo titular será escolhido pelo presidente eleito e “homologado” pela bancada ruralista. Tereza Cristina é atual presidente da Frente Parlamentar Agropecuária do Congresso Nacional (FPA), que a indicou para o cargo. Ela é engenheira agrônoma e empresária.

A indicação acontece logo após uma reunião entre Bolsonaro, o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS) e representantes da FPA em Brasília. Até o momento, Bolsonaro já anunciou seis ministros: Paulo Guedes (Economia), general Augusto Heleno (Segurança Institucional), Sérgio Moro (Justiça), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), Tereza Cristina (Agricultura) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil). (ANSA)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s