Joesley Batista é preso em nova operação da PF

Dono da JBS está envolvido em esquema de corrupção com vice-governador de Minas.

A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta sexta-feira (9) em São Paulo o empresário Joesley Batista e o ex-executivo da J&F, Ricardo Saud, em um desdobramento da Operação Lava Jato. A Operação Capitu investiga o envolvimento do vice-governador do estado, Antonio Andrade (MDB), em um esquema de corrupção na época em que ele era ministro da Agricultura do governo Dilma Rousseff (PT).

Em São Paulo, foram cumpridos 6 mandados de prisão:

  • Joesley Batista
  • Ricardo Saud
  • Marcelo Pires Pinheiro
  • Fernando Manoel Pires Pinheiro
  • Demilton Antonio de Castro

Florisvaldo Caetano de Oliveira não foi localizado, está fora do estado de São Paulo.

Joesley Batista e Saud já tinham sido presos anteriormente e só foram liberados após uma delação premiada. Na ocasião, a prisão ocorreu após o pagamento de propina ao presidente Michel Temer (MDB) por intermédio do ex-assessor especial Rodrigo Rocha Loures. A propina, uma mala com R$ 500 mil, foi entregue pelo ex-diretor de Assuntos Institucionais da J&F Ricardo Saud a Loures, em São Paulo, em abril do ano passado. A J&F é a holding que controla a JBS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s