Governador comunista barra ‘Escola Sem Partido’

Na véspera da votação do projeto “Escola sem Partido” na Câmara dos Deputados, o governador comunista do Maranhão, Flávio Dino, editou decreto garantindo “Escolas com Liberdade e sem Censura” no estado.

O decreto faz oposição ao projeto “Escola Sem Partido”, defendido pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.

O texto assegura que todos os professores, estudantes e funcionários são livres para expressar os próprios pensamentos e opiniões na rede estadual do Maranhão, segundo informações da Exame.

O decreto estipula ainda que a secretaria estadual de Educação deve promover campanha de divulgação nas escolas sobre as garantias constitucionais e previstas em lei de “liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber”.

O governador do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Flávio Dino, usou o Twitter para divulgar a edição do decreto:

Ver imagem no TwitterVer imagem no Twitter

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s