Ciro vira réu por calúnia e difamação contra Doria

Caso seja condenado, a pena para o ex-candidato à Presidência pode chegar a dez anos e oito meses de prisão.

A juíza Simone de Faria Ferraz, da 16ª Vara Criminal do Rio, transformou Ciro Gomes em réu em ação movida por João Doria contra o ex-candidato do PDT à Presidência da República.

“A língua ferina de Ciro Gomes pode custar a ele mais do que a perda no pleito de outubro”, como notou o jornal “R7“.

Doria conseguiu transformar o ex-governador do Ceará em réu por seis delitos, sendo duas calúnias e quatro difamações, todas em concurso material.

Existe ainda o agravante, que pode aumentar a pena, pelos crimes terem sido cometidos na presença de diversas pessoas, em palestra na UFRJ, quando chamou Doria de “farsante” que foi “corrido” de Fortaleza “por corrupção”, conforme noticiou o “BR18“.

Se for condenado a todos os delitos em concurso material e com a incidência da causa de aumento, o pedetista pode receber pena de prisão de até dez anos e 8 oito meses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s