PT x Cuba: a maracutaia do Mais Médicos

Em novembro veio à luz aquilo que os espíritos democratas já intuíam: havia mesmo maracutaia entre o PT e a ditadura cubana no Programa Mais Médicos, selado por Dilma Rousseff. Para não submetê-lo à aprovação de nosso Congresso, Dilma contratou a Organização Pan Americana de Saúde (Opas) para pagar os médicos que vieram ao Brasil. A Opas enviava 70% de cada salário diretamente para o governo cubano e dava aos profissonais os 30% restantes. ISTOÉ revelou, com provas em áudio e documentos, que agentes cubanos, no Brasil, ameçaram os médicos que não cumprissem a determinação de Cuba de retornar à ilha, assim que o escândalo estourou.
Michel Temer chegou ao final de seu mandato em dois polos opostos. O polo bom: seu governo conseguiu derrubar a inflação após a catastrófica política econômica de Dilma Rousseff. No início de dezembro, a inflação estava em 3,17%, bem abaixo dos 4,13% projetados. Agora, o polo ruim: o Supremo Tribunal Federal manteve seu indiciamento por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa em um caso no qual seu nome aparece envolvido em suposto esquema de ilicitudes no setor portuário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s