Governo brasileiro não reconhece Nicolás Maduro

No dia da “posse” do ditador Nicolás Maduro, MRE se posiciona acerca da situação no país vizinho.

Por meio de nota divulgada no site oficial do Itamaraty, o Ministério das Relações Exteriores (MRE) se posicionou contra o “mandato presidencial ilegítimo” de Nicolás Maduro, que tomou posse nesta quinta-feira (10), em Caracas, com a presença de Gleisi Hoffman, presidente do PT.

A Pasta disse estar do lado da Assembleia Nacional, o Congresso Venezuelano controlado pela oposição, que já disse não reconhecer o governo do ditador.

Confira abaixo a nota na íntegra:

Tendo em vista que nesta data, 10 de janeiro de 2019, Nicolás Maduro não atendeu às exortações do Grupo de Lima, formuladas na Declaração de 4 de janeiro, e iniciou novo mandato presidencial ilegítimo, o Brasil reafirma seu pleno apoio à Assembleia Nacional, órgão constitucional democraticamente eleito, ao qual neste momento incumbe a autoridade executiva na Venezuela, de acordo com o Tribunal Supremo de Justiça legítimo daquele país. O Brasil confirma seu compromisso de continuar trabalhando para a restauração da democracia e do estado de direito na Venezuela, e seguirá coordenando-se com todos os atores comprometidos com a liberdade do povo venezuelano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s