Assustados com mortes, motoristas de aplicativos ameaçam greve

Casos recentes envolvendo mortes de motoristas de aplicativos como Uber, 99, Cabify e outros têm feito trabalhadores do serviço cogitarem uma paralisação para chamar a atenção da segurança das plataformas. O UOL Tecnologiaapurou que um movimento já está marcado para ocorrer nesta segunda (14) no Rio Grande do Sul, enquanto outros podem acontecer em diferentes cidades do país nas próximas semanas.

A reclamação principal de motoristas envolve mortes de motoristas supostamente cometidas por passageiros cadastrados nas plataformas que chamaram corridas pelo aplicativo. Dois casos envolvendo a Uber recentemente chamaram mais atenção: a morte de uma motorista no Rio de Janeiro e a de outro no Rio Grande do Sul, Estado que tem a primeira manifestação programada.

“Queremos evitar mortes de motoristas, não prejudicar passageiros. A ideia principal é chamar as plataformas para as responsabilidades deles quando colocam um assassino com ficha criminal no aplicativo. Não aceitamos isso. Queremos que conversem com a classe e façam ajustes para deixar a gente menos vulnerável”, afirmou ao UOL Tecnologia Joe Moraes, presidente da Alma-RS (Associação Liga dos Motoristas de Aplicativos no Rio Grande do Sul).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s