Maduro volta a atacar Bolsonaro

O ditador da Venezuela chamou nesta segunda-feira (14) o presidente do Brasil de “Hitler dos tempos modernos”.

Nicolás Maduro também criticou as políticas econômicas liberais do novo governo de Jair Bolsonaro.

Em discurso no plenário da Assembleia Nacional Constituinte, nesta segunda-feira (14), Maduro declarou:

“E aí temos o Brasil, nas mãos de um fascista. (…) Bolsonaro é o Hitler dos tempos modernos. Não tem coragem nem decisões próprias, é um fantoche.”

Maduro criticou a política de privatizações anunciada por Bolsonaro ao longo da campanha eleitoral e indicou que o povo brasileiro deverá se insurgir contra a medida.

Segundo a revista “Veja“, o ditador da Venezuela acrescentou:

“O povo brasileiro se encarregará dele. Deixemos o tema Bolsonaro ao formoso povo brasileiro, que lutará e se encarregará dele.”

Bolsonaro não foi o único líder sul-americano atacado por Maduro em seu discurso.

O presidente da Colômbia, Iván Duque, recebeu as qualificações de “demônio” e de “personificação do mal” do ditador venezuelano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s