OAB não quer financiador da defesa de Adélio Bispo revelado

OAB-MG está tentando impedir que o advogado do esfaqueador de Jair Bolsonaro seja obrigado a revelar a identidade do seu financiador.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Minas Gerais entrou com mandado de segurança para que o advogado Zanone Manuel de Oliveira não seja obrigado a informar quem pagou seus honorários, informa o “Yahoo“.

A Polícia Federal (PF) prorrogou o inquérito que procura possíveis financiadores por trás da ação envolvendo o extremista de esquerda Adélio Bispo, que acertou uma facada no então candidato Jair Bolsonaro em comício no interior de Minas Geraisdurante a última campanha eleitoral.

A OAB-MG diz que foi surpreendida por mandados de busca e apreensão no escritório de Zanone na cidade mineira no último dia 21 de dezembro, conforme noticiou a RENOVA.

A Polícia Federal apreendeu o celular e as imagens do circuito interno de segurança de um complexo imobiliário ligado ao advogado Zanone Júnior, responsável pela defesa de Adélio Bispo, o esfaqueador de Jair Bolsonaro.https://renovamidia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s