Moro, o pragmático

Parte da imprensa diz que Sergio Moro “ficou enfurecido” por ter de demitir Ilona Szabó do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, após pressão das redes e do próprio Jair Bolsonaro.

Não é verdade. Além de não se “enfurecer” facilmente, o ex-juiz tem entre suas qualidades, a paciência, a persistência e o pragmatismo – e, assim como Paulo Guedes, enxerga longe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s