Guaidó ganha apoio da Assembleia que decreta estado de alarme na Venezuela

Assembleia aprova decreto de Guaidó que decreta estado de alarme na Venezuela

Justificativa é ‘calamidade pública gerada por interrupção no fornecimento de eletricidade’; em alguns estados já falta energia há mais de 80 horas. Novas manifestações foram convocadas para terça-feira.

Por unanimidade, a Assembleia Nacional, controlada pela oposição, aprovou nesta segunda-feira (11) um decreto do autoproclamado presidente interino Juan Guaidó, declarando estado de alarme na Venezuela. Guaidó também preside a Assembleia.

A justificativa apresentada foi a “calamidade pública gerada pela interrupção sustentada do fornecimento de eletricidade que afetou a grande maioria dos venezuelanos”. O país sofre com blecautes desde quinta-feira (7) e em alguns estados a falta de energia já soma mais de 80 horas.

O regime de Nicolás Maduro fala em sabotagem e acusou um ataque hacker com origem nos Estados Unidos, mas a oposição culpa o sucateamento da rede elétrica do país.

Com a declaração do estado de alerta, as Forças Armadas são ordenadas a providenciar mobilizações necessárias para fornecer a devida proteção às instalações e aos oficiais da Corpoelec, responsável pelo fornecimento de energia.

Os oficiais de segurança também devem se abster de impedir ou criar obstáculos aos “legítimos protestos do povo venezuelano através dos quais expressam não apenas sua rejeição ao estado deplorável do sistema elétrico do país, mas, acima de tudo, sua imensa indignação em relação aos responsáveis por sua inépcia e corrupção”, segundo trecho do documento aprovado no Congresso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s