Polícia descobre o 3° envolvido na chacina de Suzano

Segundo o delegado Alexandre Dias, responsável pela investigação do massacre realizado na Escola Estadual Raul Brasil, de Suzano, há um terceiro envolvido no planejamento do ataque, que já foi identificado e ouvido pela polícia. Seu nome não foi divulgado, mas foi informado que ele tem 17 anos e que a polícia já pediu sua prisão.
O delegado afirmou que o terceiro envolvido não compareceu ao ataque, como havia sido planejado. Na delegacia, ele revelou que o ataque em Suzano foi inspirado no massacre de Columbine, onde 12 estudantes foram assassinados. “Eles queriam causar uma repercussão maior do que a de Columbine, queriam ser reconhecidos.”

A polícia ainda investiga onde as armas e a besta foram adquiridas. “A besta era um adorno, nem chegou a ser utilizada”, disse Dias.

Cinco estudantes e duas funcionárias da escola foram mortas no ataque realizado pelos jovens Guilherme Taucci Monteiro, 17 anos, e Luis Henrique de Castro, 25. Vários outros ficaram feridos.

O ataque, segundo a investigação, começou a ser planejado há um ano e meio. A polícia apurou que em novembro de 2018 eles começaram a comprar equipamentos para realizar a chacina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s