STF nega pedido de liberdade de Moreira Franco

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) avaliou que conceder habeas corpus de ofício representaria queima de etapas.

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, negou pedido de liberdade do ex-ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, que também poderia beneficiar o ex-presidente Michel Temer.

No documento enviado pela defesa de Moreira Franco, os advogados alegaram que o processo deveria ser enviado para a Justiça Eleitoral, e não ficar na Justiça comum.

Marco Aurélio entendeu que não houve irregularidade na decisão do juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato do Rio de Janeiro, que determinou a prisão dos emedebistas.

O ministro admitiu que se revogasse as prisões dos políticos, estaria desrespeitando decisões das instâncias superiores, informa o Correio Braziliense

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s