“Pede pra sair”: governo dá ultimato a ministro da educação

Só resta uma saída a Vélez Rodríguez

O MEC tem problemas muito maiores do que se imaginava, exigindo um ministro com capacidade de comando e gerenciameto de crise acima da média. Isso não é o que se viu no atual governo.
Depois que o Palácio do Planalto disse a Ricardo Vélez Rodríguez que ele não pode mais nomear os seus próprios assessores, só resta uma saída ao ministro da Educação. A porta da rua, evidentemente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s