REDE condena decisão do STF e pede suspensão

REDE COMPARA INQUÉRITO DO STF PARA APURAR ATAQUES AO AI-5 E PEDE SUA SUSPENSÃO

Partido questiona constitucionalidade da apuração e afirma que sigilo imposto por Dias Toffoli pode ser usado para perseguir jornalistas, parlamentares, membros do governo, do Judiciário e do Ministério Público
O partido Rede Sustentabilidade entrou com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) no Supremo Tribunal Federal para barrar a investigação do próprio STF contra uma suposta campanha de difamação contra a Corte. Em 14 de março, o presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli, determinou a abertura de um inquérito criminal para a apuração fatos e infrações atingem a honra e a segurança do STF, de seus membros e familiares. Agora, a Rede argumenta que a abertura do inquérito é inconstitucional e fere o Regimento Interno do STF. Segundo o partido, a abertura do inquérito se assemelha a mecanismos análogos ao Ato Institucional nº 5 (AI-5), de 1968.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s