Cabral quer delatar Lula, Dilma e o judiciário

Uma coisa parece bem lógica. O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral Filho, tem muita coisa para delatar e parece estar bastante disposto.

Depois que ele próprio se entregou de vez, confessando ser “viciado em propinas”, elementar que queira delatar os seus parceiros de crime, com o objetivo de conseguir benefícios em suas duríssimas penas.

Enquanto não firma um acordo, Cabral vai dando pistas do arsenal que tem em mãos.

Nesta sexta-feira (5), em novo depoimento ao juiz Marcelo Bretas, o pretenso delator mencionou alguns alvos que pretende detonar: Lula, Dilma e Aécio Neves.

Mas, na melhor parte, Cabral conta que foi achacado por parlamentares federais e que teve que fazer acertos com ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Diz ainda que deu propina para atual prefeito Marcelo Crivella com o assentimento de Lula.

Enfim acenou para meio mundo e demonstrou que pode se tornar um dos principais delatores da Lava Jato.

Porém, com tantas menções de nomes importantes, é preciso que seja ouvido logo, imediatamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s